domingo, 15 de fevereiro de 2015

Diário de Viagem Entrevista - Do Japão para a Europa: um mochilão de 68 dias pelo velho continente!


Sonhos se tornam realidade

Quem nunca desejou desbravar o mundo, conhecer novos povos, culturas, línguas? Viajar por lugares incríveis, vivenciar experiências únicas e momentos indescritíveis?
Parece que quanto mais tempo ficamos aqui no Japão, mais nossos sonhos começam a ficar distantes. Nos acostumamos à rotina, a entender que o dia a dia "é assim mesmo", que a vida não tem como ser diferente.  Vemos que as pessoas ao nosso redor "levam" assim também e começamos a achar normal parar de sonhar. Afinal, se a minha amiga da fábrica disse que está aqui há 10 anos e nunca viajou, por que que comigo seria diferente?
O ambiente ao nosso redor diz muito sobre nossas emoções diárias. Quem nunca teve que trabalhar 8, 10, 12 horas ao lado de gente pessimista? Que vê um obstáculo para cada idéia? Que acha que o certo é se acostumar a não sermos felizes. Pois é, querendo ou não, ter pessoas ao nosso redor que nos "puxam pra baixo" acaba nos trazendo para uma realidade que na verdade nunca foi "a" nossa. Somos tragados pela derrota alheia e quando nos damos conta, passou-se 10, 15 anos e nada mudou. Um piscar de olhos, 1 milhão de sonhos deixados para trás.
Contudo, se começarmos a querer sair desta espiral contraproducente, buscando coisas boas, energias boas para nossa vida, parece que um caminho novo se abre e junto com ele um mar de oportunidades. Isso tudo pode parecer bobeira, mas é o que vejo muito por aqui  nestes mais de 10 anos de Japão.
Por isso, quando vemos exemplos tão inspiradores como dos nossos entrevistados de hoje, temos que encher nosso coração e repensar novamente sobre o que deixamos para trás. Será que ainda dá tempo? Dá tempo de ir atrás daquele emprego que sempre quis?
De comprar a casa que sonhei tanto?
De fazer a viagem tão desejada?
Dá tempo de ser feliz?
Se você está lendo isso, então tenha certeza, você está vivo e com isso, a resposta é: dá tempo sim! Enquanto estivermos respirando, dá! Dá para fazer acontecer o que não aconteceu ainda. Dá para viver o que sempre sonhou em viver.
Só precisa de uma coisa: escolher. Tudo depende das escolhas que fazemos. Posso ficar sentada na cadeira esperando uma viagem cair do céu ou decidir ir atrás e comprar logo a passagem. Posso decidir reclamar da vida e achar que nunca vou conseguir nada ou mudar meu jeito de pensar e enxergar que tudo depende de mim. E no final das contas, tudo depende de nós!

Conhecemos a Kenia no Instagram, através de comentários em fotos! Hahaha! Quem disse que as redes sociais não nos trazem coisas boas? Vimos que ela também amava viajar e não demorou muito para nos conhecermos pessoalmente! Foram momentos deliciosos, de conversa agradável, com direito à muitas risadas e troca de experiências!
Hoje vocês vão conhecer um pouco sobre o mochilão que ela e "namorido" Fábio fizeram no ano passado pela Europa! Sensacional não? Confiram!

1- Kenia, de onde surgiu a idéia de fazer um mochilão? Como tudo começou?

Sempre tivemos a vontade de fazer uma viagem mais longa, sem muita pressa para voltar para casa; uma viagem na qual pudéssemos visitar vários países. 
Foi assim em 2013 quando decidimos viajar pelo sudeste asiático e fizemos Tailândia, Camboja, Myanmar, Laos e Vietnã em 48 dias!
Depois dessa viagem descobrimos que dali para frente seria difícil nos contentar com viagens de apenas alguns dias,rs. 
Sempre que conversávamos sobre nosso próximo destino já tínhamos em mente que se fossemos para a Europa seria um mochilão mais demorado. Lá poderíamos conhecer vários países uma vez que a facilidade para se locomover é muito grande. Sendo assim, decidimos e embarcamos nesta grande viagem! 


2 - Com quanto tempo de antecedência vocês começaram a planejar a viagem? E como foi o planejamento em si? Qual critério vocês usaram para escolher os países que gostariam de visitar?

Bom, quem nos conhece sabe da nossa paixão por viajar e conhecer lugares novos, seja aqui no Japão ou fora dele. Nossas conversas sempre giram em torno disso; estamos sempre conversando, pesquisando, lendo blogs, vendo alguns programas de tv e traçando planos de viagem.
Planejamos este mochilão pela Europa em torno de um mês! Já sabíamos mais ou menos quais países que gostaríamos de conhecer e alguns lugares também. Entrei em contato com vários blogueiros para saber da experiência deles também,  perguntando de valores, lugares e colocando tudo num papel para podermos ver o que era interessante para nós, como chegar em cada lugar, onde se hospedar, etc.
Acho que nosso critério para a escolha dos países foi determinado pela nossa curiosidade de conhecer lugares que vimos durante toda nossa vida através de jornais, revistas, filmes, livros...

3- No total foram quantos dias de viagem e quantos países visitados?

 No total foram 68 dias de viagem e 13 países visitados! Fomos para:
  1.  Noruega
  2.  Alemanha
  3.  Republica Tcheca
  4.  Holanda
  5.  Bélgica
  6.  Inglaterra
  7.  França
  8.  Portugal
  9.  Espanha
  10.  Itália
  11.  Suíça
  12.  Grécia
  13.  Turquia

4- Sobre a bagagem, mochilão é sinônimo de pouca bagagem e queria saber de você  como conseguiu administrar isso?
O que basicamente levaram para esta viagem? Roupas, calçados, itens de higiene, etc?

A maioria das pessoas acham que mochila não cabe muita coisa, mas hoje em dia existem vários tipos e tamanhos de mochila que nos proporcionam muitas vezes poder levar o mesmo que numa mala pequena por exemplo.
Nas minhas viagens procuro levar sempre o básico; tento levar o mínimo possível de roupa, isso quer dizer ter que repetir a mesma roupa várias e várias vezes, rs!
Como este mochilão foi feito no final do outono e começo do inverno ficamos um pouco preocupados com o frio da Europa e a mochila foi um pouco maior devido as roupas de inverno.
Uma blusa mais grossa, calça de trilha com forro para o inverno, um conjunto de lycra para o inverno, camisetas, calça jeans, meias, pijama, alguns itens de higiene para as primeiras semanas.
Geralmente tenho aqueles kits de viagem que vem com shampoo, condicionador, sabonete tudo em miniatura sabe? Meus cremes coloco em frascos menores para não utilizarem muito espaço na mochila.

Kenia e sua mochila, companheira de viagem!

5- Quais foram os países/cidades que mais te impressionaram e por que?

Sou apaixonada pela Noruega! Estive lá pela segunda vez e juntamente com a Suíça foram os países que mais me impressionaram!
Na Noruega
Talvez pelo fato de serem muito parecidos com o Japão em relação a educação, limpeza, segurança...

Na Suíça
Também gostei muito da cidade de Praga na Republica Tcheca, Bruges, Gent e Bruxelas na Bélgica são cidades com um estilo medieval e uma arquitetura linda!

Em Gent, na Bélgica

6- Quais povos foram os mais simpáticos? E qual foi o menos simpático?

Hum...cada povo tem um jeito, às vezes uns são simpáticos, às vezes o outro nem tanto.
Pode ser que a pessoa só está sendo simpática pra te vender algo também. Mas os que me passaram a impressão de não estarem sendo obrigados a serem "gentis" conosco por sermos turistas foram os noruegueses e suecos. Realmente ganharam em disparado nesse mochilão, rs.

7- Vocês passaram por algum perrengue ou situação engraçada que possam nos contar?

Acho que em qualquer viagem sempre acontece algo inesperado né? Coisas engraçadas, coisas que na hora nos deixam estressados mas depois quando lembramos damos risadas e nessa viagem não foi diferente!
☆Na Alemanha
Um tiozinho tentou nos passar um golpe em Berlim! Estávamos andando na calçada e do nada ele nos chamou e quis nos "presentear" com uma jaqueta e uma bolsa de couro fake! Em troca queria dinheiro para encher o tanque do carro dele, rs! Devolvemos as coisas e saímos correndo!

☆Em Portugal
Já em Lisboa, alguém tentou roubar a carteira do Fábio enquanto andávamos de bondinho que mais parecia uma lata de sardinha se locomovendo como se fosse uma montanha russa! Sorte que ele percebeu e se esquivou e um cara que estava sentado também percebeu e avisou ele!

☆Na Itália
Chegando em Veneza tarde da noite andando pelas pequenas vielas dois jovens nos abordaram se oferecendo para nos levar no nosso hotel! Quando a bondade é demais eu desconfio hahahah, disse um "no,thanks" e saímos de la correndo!

☆Na Holanda
Situação engraçada na Holanda! Euzinha em plena Amsterdã andando toda charmosa com minha capa de chuva cor de rosa choque, rs! Ainda perguntava para o Fábio:
- Como eu estou?
e ele dizia,
- O importante é não se molhar! 
Claro a capa dele era preta, rs!

Além disso tudo, fizemos uma trilha em pleno inverno debaixo de um temporal! O melhor foi nós dois sentados com o guarda chuva em uma mão e um sanduíche de queijo e salame na outra hahahaha! Pena a GoPro não ter registrado este momento!
8- Sobre a comida, quais foram os pratos mais gostosos que vocês provaram?
Qual país tem a comida mais gostosa na sua opinião?

Na minha opinião os países que tem os pratos mais saborosos e que agradaram muito nosso paladar foram Grécia e Turquia.

Na Grécia

Os gregos oferecem vários tipos de pratos, saladas e o famoso queijo feta que eu adorei! O tempero que eles usam na carne é muito bom e claro arroz, hummmmm...
Parece bobeira mas depois de um tempo seu sub consciente grita por um prato de arroz! (muitos países da Europa não costumam ter arroz no seu dia a dia, usam batatas ou outro alimento)
Na Turquia,  na região de Goreme, eles oferecem o famoso "potery kebab"  um cozido de carne com legumes que é preparado em um pequeno potinho de barro  e cozido no fogo a lenha! Me lembou um pouco a nossa carne de panela rs!.Ahhh a sopa de lentilha deles também é divina!

Na Turquia

9- Teve algum costume diferente que chamou a atenção de vocês? Alguma coisa que vocês repararam durante a viagem?

Uma coisa que eu reparei e achei bem diferente devido comparado modo de vida que nós mulheres vivemos hoje em dia foi que na Turquia as mulheres ainda são vistas como "mulheres do lar".
Na cidade de Goreme/Capadócia nos 3 dias em que estivemos por lá não vi nenhuma mulher nas ruas, somente homens! Tanto nas ruas como no comércio, as únicas mulheres eram turistas como eu.
Em Istambul ainda se vê bastante mulheres nas ruas, indo às mesquitas, fazendo compras mas no comércio são bem poucas...

10- Se fosse para escolher um lugar para voltar qual seria e por que?

Sem sombra de dúvida quem nos conhece sabe do prazer e alegria que nós temos em estar em contato com a natureza! Fazer trilhas, subir montanhas, etc.! E a Noruega é um lugar que ainda temos muito o que explorar! Voltaríamos para lá com certeza!


Kenia e Fábio muito obrigada por compartilhar conosco esta aventura tão inspiradora! Espero que motive outras pessoas assim como me motivou a planejar logo a viagem dos sonhos! 
Obrigada pela experiência incrível!

Um beijo,


Amanda

2 comentários:

  1. Nossa, que legal!!! Adorei a entrevista e saber um pouquinho de outros lugares. beijos

    ResponderExcluir

Olá! Deixe seu comentário, críticas ou sugestões para nós! É muito importante saber sua opinião!!
Muito obrigada por sua visita!