quinta-feira, 2 de outubro de 2014

Dica de leitura - As Peças Infernais



Há tempos que ando vagando pelas páginas literárias em busca de algo que fizesse as engrenagens da minha mente entrarem em erupção.
Comecei a ler vários livros sem terminá-los, e por mais que eu odeio deixar um livro inacabado, pouco a pouco fui me acostumando com isso  e passei a nem ligar mais para os livros desistidos.
Talvez eu estivesse procurando no lugar errado.
Os romances eram sempre os mesmos: a linda mocinha pobre encontra um homem lindo de morrer, que por sinal é podre de rico e tem um passado misterioso e blá blá blá se apaixonam e blá blá blá e foram felizes para sempre, fim!
Sabe, no começo esse tipo de coisa era legal, mas com o passar do tempo foi ficando um pouco repetitivo. (E eu não vou negar que eu gostava sim desse tipo de leitura).
Não podemos esquecer das distopias por aí afora: o mundo ta um caos, todo mundo se matando e lutando por sobrevivência e blá blá blá. (Sim, também gosto desse tipo de leitura, mas nem isso chamou mais a minha atenção)
Então comecei a procurar nos canais literários resenhas que me fizessem sentir uma certa curiosidade para iniciar uma leitura.
Foi quando descobri essa trilogia: As Peças Infernais de Casandra Clare.
Sim, é estilo YA (Young Adult),  e eu sei que já sou casada e tenho um filho, mas não tenho culpa se é esse tipo de coisa que faz o meu coração bater mais forte e deixar a minha imaginação  alcançar o inimaginável.
Faz uma semana que terminei de ler essa magnífica trilogia, e cá estou eu, ainda vivendo em uma ressaca literária daquelas!
Mas eu precisava compartilhar com alguém, não posso deixar isso pra lá, pois na minha humilde opinião, essa trilogia foi a melhor trilogia que eu li até hoje!
Lembrando que "gostos" não se discute, com certeza deve ter vários leitores espalhados pelo mundo que não apreciou a leitura tanto quanto eu.

No entanto, eu não consigo guardar esse sentimento só pra mim, eu preciso expor esse furacão de palavras que está demolindo tudo aqui dentro da minha cabeça.
Então vamos falar sobre os livros!



Confesso que quando decidi ler essa trilogia, tive um certo preconceito, pois não sei se vocês sabem, a autora Cassandra Clare também escreveu a saga Instrumentos Mortais, cujo o primeiro livro Cidade dos Ossos virou filme e não foi bem recebido pelo público. Mas resolvi encarar mesmo assim e eis o que eu achei...
Essa trilogia As Peças Infernais faz parte do mesmo mundo fictício de Instrumentos Mortais, porém em épocas diferentes. (As peças infernais se passa na Inglaterra no século XIX).
A construção dos personagens e o mundo fictício que a autora criou está terrivelmente perfeito! Sim, terrivelmente perfeito!


Eu embarquei de cabeça em uma aventura com Caçadores de Sombras, Feiticeiros, Demônios, Autômatos e várias outras coisas que só quem vai ler irá entender 
Quando eu leio algum livro, sempre gosto mais de um ou dois personagens, mas nesta trilogia eu AMEI todos eles (tirando os vilões da lista, ok?) ... Claro que teve um que eu gostei mais que todo o resto, mas isso fica pra outro desabafo 

Mas o que mais me chamou atenção nisso tudo foi : TUDO!
- A honra em ter que sacrificar a sua própria felicidade em prol das pessoas que você ama.
- Aprender a conviver com pessoas que você julgava erroneamente e que com o passar do tempo você aprende a ver que nem tudo é o que parece. (Por isso eu digo, nunca julgue antes de conhecer... E se possível, não julgar depois também  )
Afinal, por trás de cada pessoa há sempre uma história, uma luta, uma meta.
- Aprender a ter fé em si mesmo.
- Amizade, Companheirismo e Lealdade.. Amar alguém com toda a força da sua alma como se essa pessoa  fosse o seu irmão, mesmo sendo nascidos por pais diferentes. E sempre...  sempre fazer o possível e o impossível pra deixar essa pessoa que você escolheu feliz e ser sempre leal à ela.
- Ser julgada como uma pessoa inferior só pelo fato de você ser do sexo feminino, nunca abaixando a cabeça para os seus sonhos e provando pra todo mundo que mulher também é um sexo forte!
- Nunca desistir das pessoas que você realmente importa. Jamais!
- Conseguir amar duas pessoas completamente diferentes uma da outra e cada um a sua maneira.
- Não ter medo de expor os seus sentimentos por medo de não ser correspondido como deseja.
Eu poderia ficar aqui o dia todo citando todos os pontos que me marcou profundamente durante a leitura, mas acho que ninguém teria paciência pra ler até o final do post.
E outra coisa que eu achei incrível foi: quando eu tinha certeza que não tinha mais como a autora me surpreender: Bang! Ela me surpreende!

A descrição dos personagens, suas personalidades e seus dramas foram  magníficos. Assim como os diálogos e o desenrolar da trama. 

Enfim, muito obrigada Cassandra Clare por compartilhar com o mundo uma criação tão deslumbrante como essa! Lágrimas escorreram pelo meu rosto várias vezes durante a leitura, coisa que nem A CULPA É DAS ESTRELAS e nem COMO EU ERA ANTES DE VOCÊ conseguiu fazer. (Não desmerecendo essas obras, eu gostei muito das duas).
Senti meu coração acelerado como um trem bala em incontáveis situações!
Deixo aqui minha dica de leitura para quem não tem preconceito com o estilo Jovem Adulto, e pra quem gosta de uma boa fantasia misturada com romance e uma boa dose de humor 

(Sem mencionar que as capas dos livros são as coisas mais lindas desse mundo!)

Um beijo,

2 comentários:

  1. Adoro essa autora também! Li os instrumentos mortais até o terceiro livro, depois dele comecei a cansar um pouco da história (confesso!) mas ainda assim é um universo muito interessante que Cassandra criou, sem contar a sua escrita e sua forma de desenrolar a narrativa que são cativantes.
    Estava em dúvida se começava a ler as peças infernais, mas depois que li o seu review vou comprar o primeiro livro! Bjs

    ResponderExcluir
  2. Leia Os instrumentos mortais! Eu adorei!
    E o bom, é q há outros livros q se passam no mundo das sombras. Há As ultimas Horas- q fala sobre os filhos da Tessa. Os artifícios das trevas- q conta a história de uma das descendentes do Jem.
    Fora os extras, como os Contos de Bane( q é um dos meus personagens prediletos).

    ResponderExcluir

Olá! Deixe seu comentário, críticas ou sugestões para nós! É muito importante saber sua opinião!!
Muito obrigada por sua visita!