segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Diário de Viagem - Grécia (Parte 1)

Sonho realizado


Quem nos acompanha há algum tempo pelo Instagram (@clubenecessaire) deve reconhecer a foto que abre este post. Nos dias finais da nossa viagem pela Austrália (#clubenaAustrália no Instagram) decidimos fazer uma brincadeira e escrever na areia qual seria o nosso próximo destino. Isso foi em janeiro de 2014. Estávamos em dúvida entre Grécia e Alemanha, mas na realidade todos tinham o anseio de conhecer a primeira opção. 
O fato é que só de pronunciar "Grécia" parece ser algo tão distante, tão inatingível, quase um sonho mesmo. Algo que vemos em novela, filmes, afinal, a Grécia traz consigo toda uma bagagem histórica que impressiona só de pensar em conhecer tal local. Contudo, depois que retornarmos da Austrália a DPV (Depressão Pós-Viagem) bateu forte como nunca antes. 
Eu sentia vontade de largar tudo e voltar para o país dos cangurus, onde senti que realmente poderia morar para sempre. E acordar todos os dias para trabalhar tornou-se uma verdadeira tortura. As horas não passavam, e como não tínhamos nenhuma próxima viagem nos planos, isso só agravou mais o nosso estado psicológico.
Pode parecer até drama, hahahahaha, mas quem viaja sabe muito bem do que estou falando. Voltar para a rotina não é fácil, ainda mais essa que vivemos no Japão. Foi quando resolvemos pensar de verdade em ir para a Grécia! Nem cogitamos muito a Alemanha; fui direto começar a pesquisar preços de passagens e tudo mais! Não pensamos muito, aliás, na época "tempo" era um luxo para nós; estávamos trabalhando de segunda a segunda praticamente, 12 horas por dia. Conversei com a Silvia e sem titubear, compramos a passagem! 
Uma coisa que digo sempre para quem quer viajar mas pensa muito e acaba não saindo do lugar. Se você tem o dinheiro da passagem (a parte das suas economias), não pense duas vezes. Compre. Enquanto você não tomar o primeiro passo, o resto não acontece. 
A partir deste momento, foram 8 meses de planejamento, economia e muita expectativa. Nós fizemos tudo por conta própria, desde passagem áerea, hospedagem, roteiros, aluguel de carro, etc. Tudo foi feito por nós ao longo dos meses e o resultado não poderia ser melhor. 
Após esperar longos meses, finalmente embarcamos no dia 9 de agosto de 2014 rumo ao berço da civilização ocidental!

A ansiedade estava nos matando mas particularmente, nós achávamos que encontraríamos um povo parecido com os italianos. (ainda estamos devendo o Diário de Viagem - Itália!) 
Não que você seja maltratado na Itália, longe disso, mas eles são mais rudes, mais secos e muito mais sérios do que imaginávamos. Não chega ao nível de frieza dos franceses, rs, nem da cara de desdém dos ingleses, mas o tratamento em si deixou um pouco a desejar para ser bem sincera. 
Voamos pela primeira vez pela Qatar Airways!


Eu adorei a companhia! Refeição gostosa e bancos espaçosos. Fizemos check-in online o que nos garantiu o assento que desejávamos. 
Após cerca de 10 horas chegamos em Doha, capital do Qatar. 

O aeroporto é bem grande possui váaaaaaarias lojas de cosméticos, perfumaria e marcas de luxo em geral. Ficamos mais ou menos 3 horas esperando o nosso vôo de conexão para Atenas. Passou bem rápido, afinal eu testei um zilhãooooo de perfumes, rs!
E após uma maratona pelas prateleiras de maquiagem, embarcamos finalmente rumo ao nosso destino final!

Foi tudo muito simples na chegada! O pessoal da imigração mal olhou nossa cara e já carimbou nosso passaporte! Era 12:30 e finalmente estávamos na Grécia! 

O aeroporto de Atenas é muito funcional! Possui tudo que precisamos. Lojas interessantes e acesso completo à malha ferroviária grega. Em poucos minutos estávamos na estação de trem onde pagamos 14 euros o casal para pegar a condução até o Porto Piraeus, nosso objetivo final. Tudo muito simples, fácil e rápido. O trajeto demorou cerca de 50 minutos. 

Ao chegar no Porto, nossa primeira impressão era a de estávamos no centro de São Paulo! Você imagina Grécia e logo liga a palavra à imagem de casinhas brancas e chão de pedras mas não é bem asssim. Atenas é uma cidade grande assim como a capital paulista mas sofreu muito com a crise de 2010 que perdura até hoje e podemos sentir isso andando pelas ruas do porto. Muita pixação, sujeira e estabelecimentos comerciais abandonados. Já tínhamos conhecimento da situação do local, mas ver de perto é outra coisa. Fez parecer São Paulo limpa até, rs!
Após caminhar 800 metros, chegamos no nosso hotel para fazer check-in, deixar as malas e assim poder dar uma volta na cidade. 

Foi nosso primeiro contato com um grego! E que surpresa! Fomos muito bem recebidos, a recepcionista  nos explicou tudo em inglês com muita calma e gentileza! Ficamos surpresos, rs, afinal, na Itália é bem "pá-pum", rs, do tipo "meu amigo, é isso, tchau e não me enche a paciência!". 
Mas pensamos juntos: "ela deve ter sido educada pois trabalha aqui". Afinal não é possível todo grego ter um sorriso no rosto e uma doçura nas palavras não é? Puxa vida! Nunca estivemos tão enganados! E que grata surpresa! Que grata surpresa!


Saímos do hotel rumo novamente à estação onde pegaríamos um metrô rumo ao centro da cidade. Por 1,20 euros cada pessoa nós poderíamos andar por toda a cidade! O trajeto Porto Piraeus - Estação Syntagma durou uns 25, 30 minutos. Chegamos e já demos de cara com o Parlamento! 

O Parlamento em si não tem nada de muito especial, não pegamos a troca da guarda mas deu para tirar algumas fotos por lá!

Bem na frente da Praça da Constituição tem uma rua que leva direto ao bairro Monastiraki, um dos mais famosos de Atenas. 

Nessa rua você irá encontrar de tudo! H&M, ZARA, SEPHORA, MANGO, etc. Todas as lojas estão por lá assim como restaurantes e deliciosas confeitarias!

É uma delícia caminhar em Monastiraki! Percebemos um clima diferente da Itália! As pessoas são mais receptivas, mais calorosas! A atmosfera grega é algo difícil de descrever!
Resolvemos parar para fazer nossa primeira refeição!

Eu estava morrendo de medo de não gostar da culinária grega! rs! Tínhamos pesquisado muito e devido à isso, nossas expectativas estavam muito altas, patamar perigoso para uma queda rápida e certeira. Graças aos deuses só temos elogios! Foi a melhor comida que já comi durante todas as minhas viagens! Adoro a cozinha francesa, belga e italiana, mas nada se compara à quantidade e à qualidade do que comemos na Grécia! 
Para sobremesa, reservamos um espacinho no estômago (tarefa difícil uma vez que os pratos são muito fartos! Não tem miséria não! Você COME de verdade na Grécia!) para o famoso Frozen Yogurt.

E com esse gostinho doce acabou nosso primeiro dia em solo grego! Confiram abaixo nosso vlog!


No dia seguinte embarcarmos para Santorini, mas isso fica para um próximo post!

Um beijo,

2 comentários:

  1. Que lindas fotos. Que lugares lindos.
    Vou aguardar o próximo post de Santorini :)

    bjos

    ResponderExcluir
  2. Adorei conhecer um pouco mais sobre a Grécia e é um lugar que gostaria de visitar um dia. As fotos ficaram lindas, parabéns!
    Beijinhos e sucesso.
    :)

    http://cariocaemportugal.blogspot.pt/

    ResponderExcluir

Olá! Deixe seu comentário, críticas ou sugestões para nós! É muito importante saber sua opinião!!
Muito obrigada por sua visita!