domingo, 15 de janeiro de 2017

Intercâmbio na Austrália - Por onde começar?


Postamos recentemente nas nossas redes sociais sobre a mudança da Silvia para a Austrália no dia 14 de janeiro. Muitas pessoas entraram em contato pedindo mais informações, valores, dicas e tudo mais e nós iremos postar sem sombra de dúvidas muito conteúdo voltado para quem deseja mudar para lá.

Mas antes de mais nada, por que escolhemos a Austrália?





Para quem não sabe, esse é nosso segundo intercâmbio. O primeiro foi em Malta, em janeiro de 2016. (todos os detalhes neste post AQUI). 
Malta foi uma experiência maravilhosa, mas muito curta. Ficamos apenas 1 mês na ilha e quando voltamos ao Japão já tínhamos certeza que iríamos fazer um novo intercâmbio, mas desta vez mais longo e com um objetivo diferente. Nossa primeira opção foi a Nova Zelândia pois o valor seria muito mais acessível do que a Austrália. Contudo, com o passar dos meses e depois de algumas pesquisas, constatamos que a Austrália seria a melhor escolha. Não só pelos valores, mas também pelos cursos que iríamos fazer. 
(Temos muitas informações sobre esse tópico inclusive se você estiver em dúvida entre Austrália e Nova Zelândia! Vai render um post ou um vídeo com certeza!)

Dica 1 - Defina antes de mais nada, o país que você deseja ir. 
Se ficamos com muitas opções na cabeça, causa uma confusão tão grande, que não conseguimos nos focar em nada direito. Foi assim durante a terrível dúvida entre Nova Zelândia e Austrália. Decida para onde você quer ir, mas antes de fazer isso, coloque num papel os pontos fortes e fracos de cada lugar.

Dica 2 - E realmente, coloque num papel!  
Eu recomendo fortemente comprar um caderninho só para fazer essas anotações! Pesquisas já comprovaram cientificamente que  escrever à mão nos ajuda a focar no essencial e reter conceitos com mais facilidade. 
Acredite: escrever seus objetivos pode ajudar mais do que imagina! (texto interessante AQUI)

São diversos países que possuem programa de intercâmbio de inglês, desde Estados Unidos até Singapura. Mas são poucos que permitem que o aluno trabalhe enquanto estuda. O Canadá está com uma série de restrições e já não permite mais que estudantes de um simples curso de inglês trabalhe. Para trabalhar no Canadá, é necessário estar matriculado num "college". (quem quiser saber mais sobre Canadá, recomendo o "Canadá para Brasileiros" dos irmãos Prezia).
Atualmente, os países que ainda possibilitam que o aluno de um curso de inglês simples trabalhe e estude são: Nova Zelândia, Irlanda e Austrália. 

Isso pesou muito na nossa decisão pois nossa intenção é sem sombra de dúvidas trabalhar para custear nossa estadia. Ou seja, tivemos que escolher entre esses 3 países e ficamos com a Austrália. 
Em outro post irei explicar com mais detalhes quais são as reais vantagens da Austrália, principalmente para quem quer sair do Japão.

Japão X Austrália

Nós sabemos que a situação no Brasil está ainda instável, o que levou muitos conterrâneos a deixar nosso país em busca de melhores oportunidades. 
Mas por que deixar o Japão?
Um país de primeiro mundo, com uma economia estável, seguro, com emprego e tudo mais. Afinal, por que deixar TUDO?
Mas para você, o que é "TUDO"?


O "TUDO" de cada um é diferente na minha opinião. Uns acham que ter uma casa é seu "TUDO", outros um carro, outros ainda preferem acreditar que o "TUDO" é seu negócio.
Não existe regra. Não existe "certo" ou "errado". Existe ao meu ver, o que é certo para cada um! O que faz bem para cada um! E isso é totalmente individual e intransferível. Para mim, o "TUDO" sempre foi realização pessoal e profissional. Acordar na segunda feira sabendo que meu trabalho fará diferença no mundo e que terei um bom legado a deixar para os meus quando partir. E apesar de AMAR o Japão com todas as minhas forças, sempre soube que meu lado profissional estaria extremamente restrito aqui bem como o educacional. 

Mas a questão é: estamos querendo mudar pelos motivos certos? 

Afinal, qual é o seu propósito? 

Essa pergunta pode parecer boba mas acredite: a resposta irá fazer total diferença na sua vida. Ter os motivos certos nos mantém focados no nosso objetivo. 

Propósito é muito importante. Tão importante como ter um corpo saudável,  uma mente afiada.

"Propósito é seu motivador mais importante"

Se você tiver um propósito, você vai conseguir se manter motivado sempre. A energia do propósito dá força para a gente agir em todas as dimensões da nossa vida. Traz mais paixão, mais perseverança, mais comprometimento. 

Mas como achar meu propósito real?

Por que fazer um intercâmbio, me mudar para a Austrália, é importante? Por que que eu quero ir para a Austrália? Qual é o propósito maior desse objetivo?

A primeira coisa a se fazer é pensar na seguinte questão: quanto do meu propósito está motivado por vetores negativos e positivos?
(vetores = motivadores, condutores)

Usaremos como exemplo a mudança para a Austrália mas você pode trocar o "Austrália" por qualquer outro objetivo que você deseja alcançar. Ou seja, essa reflexão serve para todos os âmbitos da vida, não só estudos.

Muitos podem pensar em um primeiro instante:
- "Ah quero mudar para a Austrália para não ter que trabalhar em linha de produção, não quero ser igual ao pessoal da fábrica" 

Esse pensamento é um vetor (motivação) negativo.  Pode funcionar como um "empurrão" inicial mas não vai perdurar por muito tempo. O seu propósito tem que estar alinhado com algo muito maior e muito mais funcional para a sua vida.
Um bom exemplo de vetor positivo para mudar para a Austrália é querer novas experiências para minha vida, conhecer novas pessoas, nova cultura e aprender um novo idioma.

Percebem que olhando por essa perspectiva até a energia que colocamos no nosso objetivo muda? 

O que é mais legal pensar: fugir da fábrica ou ter novas experiências?

Toda essa reflexão ajuda a gente a entender melhor nossos sentimentos e a nos preparar para novos desafios. E falaremos muito de autoconhecimento nos nossos próximos posts também, pois enfrentamos muitas etapas complicadas durante todo o processo. Muitos até desistiriam. Mas o que nos deixou firmes foi ter os motivadores corretos, pensar no positivo, no que queremos e não no que não queremos.
Será que você está motivado por fatores negativos? O medo de fracassar, a raiva de não evoluir, lutando contra alguma imperfeição? 
Coloque positividade nos seus propósitos e tenha certeza que muitos caminhos irão se abrir e os chamados "obstáculos" se tornaram "etapas" na sua vida!

Então para fechar esse post, um resumo simples para sair do zero:

  1. Decida antes de mais nada o país para qual você quer ir. Pesquise MUITO em blogs, vídeos, fale com pessoas que já foram ou estão no local e analise todos os prós e contras de cada lugar.
  2. Compre um caderno e coloque no papel seus objetivos.
  3. Encontre o seu propósito real. Tenha certeza que ele te motivará ao longo da sua jornada, não deixando desanimar mesmo diante dos maiores desafios. E eles aparecerão, acredite!

Continuaremos nos próximos post falando de documentação, escola, hospedagem e muito mais! 

 Acompanhe a Silvia em tempo real pelo Instagram, @comeceporaqui


Até a próxima! 

Amanda

terça-feira, 18 de outubro de 2016

A fantástica Kobe Luminarie!


Todos os anos no Natal as ruas do centro de Kobe são iluminadas em um arranjo espetacular conhecida como a Kobe Luminarie. Milhares de pequenas lâmpadas são organizados em quadros para formar túneis de luz,  torres, dentre outras estruturas. O efeito é verdadeiramente encantador.

Originalmente concebido como uma homenagem às vítimas do Grande Terremoto de Hanshin de 1995, esse "festival de luz" uniu seus cidadãos e tornou-se uma grande vitrine para a recuperação da cidade.

Ruas nas proximidades são fechadas permitindo que os pedestres possam apreciar as luzes, enquanto barracas oferecem petiscos tradicionais e bebidas quentes. A atmosfera é agradavelmente leve e festiva!


Este ano de 2016, o evento ocorre do dia 2 de dezembro a 11 de dezembro. Os horários devem seguir o padrão dos anos anteriores:  segunda à quinta 18:00-21:00, sexta-feira 18: 00-22: 00, sábado das   17: 00-22: 00 e domingo 17: 00-21: 30. A entrada é gratuita.

Para chegar lá, pegue o trem para Estações Sannomiya ou Motomachi, e siga as multidões. A iluminação é muito popular e fica lotado nos horários de pico. Esteja preparado!


"Luminarie" é a forma plural da palavra italiana "luminaria" que representa a iluminação com lâmpadas em miniatura. Mais informações em: http://www.kobe-luminarie.jp/


Como chegar


Bom passeio!

Amanda

segunda-feira, 17 de outubro de 2016

A linha TSUYA da shu uemura!

 Escolher uma linha de produtos para testar nunca é tarefa fácil. Principalmente aqui no Japão, local que conta com tanta opção que a gente chega a ficar perdido quando vai visitar as farmácias! Tem opções para todos os bolsos, tipos de pele, problemas específicos. E um leque gigantesco que vale a pena ser explorado pois podemos fazer incríveis descobertas, como foi o meu caso com a linha TSUYA da Shu Uemura!

Conheci esta linha pois a Shu Uemura me mandou algumas amostras. Foi amor ao primeiro toque! Adorei a textura de cada item e o resultado na pele!
Segundo a marca, a proposta da linha TSUYA é proporcionar à pele uma textura bonita! Mais uniforme, hidratada, tonificada e translucida. A linha conta com a tecnologia denominada Complexo CP (extrato de levedura + Rhamnose), o produto penetra instantaneamente e é absorvido em segundos.

Como estávamos precisando levar um kit de cuidados para nosso intercâmbio, resolvi investir nos 3 principais itens: loção, sérum e hidratante.



A loção possui 3 opções que se adequam a cada tipo de pele.
No.1: Versão bem líquida, ideal para pele oleosa
No.2: Versão um pouco mais densa, bom para pele mista a normal
No.3: Versão densa, ideal para pele seca
No caso eu comprei a número 2 que possui uma consistência líquida mas um pouco mais densa.


O sérum possui textura líquida também mas assim como a loção, é um soro um pouco mais denso do que o "líquido" propriamente dito. Possui um conta gotas que ajuda a dosar a quantidade na hora da aplicação.



O hidratante é um creme bem levinho! Tem a opção mais densa, em potinho mesmo. Mas como minha pele é mista, preferi a versão mais leve.

O que mais gostei certamente foi o resultado na pele. Você sente o rosto absorver todo o produto em poucos instantes! Não fica nada pegajoso como muitos produtos que já testei. Fica super gostoso ao toque e com um leve aroma delicioso!
Este kit dura muito! Usei o mês inteiro durante nossa viagem, dia e noite. E ainda sobrou um restinho, então calculo que os 3 produtos durem por 1 mês e meio a 2 meses.

Eu não comprei no balcão da marca pois é muito mais caro! Recomendo pesquisar no Rakuten pois os preços são mais acessíveis! Paguei no kit inteiro na época cerca de 10 mil ienes numa promoção relâmpago.

Um beijo,

Amanda

sábado, 15 de outubro de 2016

As luzes do Festival Tanada

 Um dos festivais mais populares da província de Chiba é sem sombra de dúvidas o Tanada no Matsuri! Trata-se de um evento onde os terraços de arrozais são iluminados por luzes led, um cenário muito bonito e que vale a pena ser conferido.

Neste ano, o festival Tanada no Yomatsuri ocorre do dia  21 de outubro (sexta-feira) a 23 de outubro (domingo). São cerca de 10 mil velas de LED sendo que 3000 são velas ecológicas. No final, há show com fogos de artifício.


Já de 24 de outubro a 4 de janeiro de 2017, das 16:30 até 20:00 ocorre o Tanada no Akari, que conta com 10 mil velas mas sem os fogos de artifício no final.
Mais informações em https://maruchiba.jp/sys/data/index/page/id/16145/



Como chegar


Bom festival!

Amanda

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

O Yokote Kamakura Snow Festival


O festival Yokote no Yuki Maturi é um dos mais populares durante o inverno japonês. Ele nasceu cerca de 400 anos atrás e é realizado todos os anos nos dias 15 e 16 de fevereiro na cidade de Yokote em Akita ken. 
 

O evento possui como característica principal os iglus, chamados de kamakura. Eles são construídos em vários locais da cidade e dentro de cada um há um altar de neve dedicado à divindade da água.
É costume comer bolinhos de arroz e beber vinho de arroz.


Próximo à região do rio da cidade são feitos centenas de pequenos iglus. Estes mini-kamakuras são iluminados com velas, o que cria um cenário único. 


A cidade inteira fica com uma atmosfera alegre durante esta época, mesmo enfrentando temperaturas muito baixas.  


Informações
Data: dias 15 e 16 de fevereiro de 2017
Horário: das 18:00 até 21:00

Como chegar


 Bom passeio!

Amanda