Início

domingo, 29 de março de 2015

Diário de Viagem Entrevista - Como é viajar sozinho!


Quando o sonho é maior que o medo 

Uma das coisas que mais me dá mais prazer é ter um final de tarde só para mim. Sair sozinha, tomar um café, olhar livros e revistas, curtir um pouco a calmaria. Há pessoas que não conseguem nem sair de casa sem uma companhia, seja para fazer compras no mercado ou mesmo ir até uma loja de conveniência. Isso nunca foi problema para mim pelo menos, sempre gostei muito de apreciar um tempo conversando com meus próprios pensamentos, principalmente quando decido ir à lugares distantes sozinha. A última vez foi uma ida até Osaka no meio da tarde. Decidi do nada, peguei o trem e fui! São mais de 2 horas de onde moro e esse dia foi uma delícia! Comi em restaurantes incríveis, fiz algumas compras, perdi horas em livrarias... Afinal como não curtir a companhia mais importante de todas e que vai estar conosco até o fim?! Um tempo consigo é fundamental na minha opinião. 
E viajar sozinha? Com certeza algo que está nos meus planos!

E isso é o que mais me impressiona! O fato de pessoas se prenderem por não terem companhia para viajar! Já ouvi e ainda ouço muito frases do tipo:

"Só vou se meu namorado for, sozinha não tenho coragem."
"Ele não gosta de sair de casa, então eu também não posso"
"Ele não pensa em viajar, acha besteira gastar dinheiro com isso. Ai eu também não posso ir sem ele né?"
"Eu até queria, mas minha esposa não gosta de sair, não gosta de viajar. Eu tenho que desistir dos meus sonhos."

Acredito que quem tem filho pequeno deva ser bem complicado mesmo fazer algo do gênero, afinal são inúmeras questões atreladas à este tipo de decisão.
Contudo estas mesmas frases que citei acima ouvi de pessoas sem filhos, sem nenhum tipo de dependente , e se tinha filho, o filho já era maior de 21 anos! Ai não conta né? Rs!

Porém, como sempre digo, não existe certo ou errado. Existe sim prioridades. O que é importante e o que não é. Muitas vezes a vontade de viajar existe mas acima dela há outras prioridades. O que importa no final das contas é estar satisfeito com as decisões tomadas e acima de tudo, nunca culpar terceiros por não conseguir realizar os próprios sonhos e objetivos. 

O que mais me chamou a atenção na nossa entrevistada de hoje foi o fato dela viajar sozinha! Nunca tinha visto ninguém daqui do Japão que se "atreveu" a fazer um viagem internacional sem companhia! Entrei em contato com a Monika para saber um pouco da história por traz daquelas fotos que via no Instagram. 
A Monika tem um perfil parecido com o de muitos que estão aqui no Japão. Natural de São Paulo, ela chegou na terra do sol nascente há 8 anos para trabalhar e fazer seu pé de meia. Mas a vontade de conhecer novos lugares, culturas e pessoas nunca a deixou cair na mesmice; tornar seu dia a dia "só mais um dia". Ela sempre buscou conciliar sua árdua rotina à sua maior paixão: viajar. 


Convido à todos agora para conferirem a entrevista que fizemos com ela! 

Monika em Hong Kong

1- Monika, de onde surgiu a vontade de viajar? Como tudo começou ? 
Não costumava viajar quando era criança, mas aos 20 anos retornei ao Brasil de férias, e fiz uma viagem à Bahia. Conforme o tempo foi passando, minha vontade de viajar só foi aumentando!

2- Com quanto tempo de antecendência você começa a planejar uma viagem ? E como você faz o  planejamento em si? 
Eu costumava planejar bastante as viagens, mas com o tempo fui ficando mais desencanada...
A única coisa que eu faço com antecedência é a compra da passagem e em alguns casos, a reserva da hospedagem. Sobre os passeios, vou colecionando links que me interessam, e depois filtro de acordo com as minhas preferências e tempo disponível.
Pra essa última viagem eu reservei a hospedagem na última semana e o roteiro eu fui pesquisando sem pressa, finalizei na noite anterior da viagem.

3- Quais lugares voçê já conheceu aqui no Japão? E quais lugares já conheceu fora do Japão?
Aqui no Japão ja estive em Tokyo, Kyoto, Kanazawa, Takayama, Shirakawago, Tottori, Izu, Fukui, Osaka, Iida, Kawaguchiko... sempre tento pegar um fim de semana pra conhecer um lugar novo!
Fora do Japão ja fui pra Cancun, Dubai, Tailândia, Hong Kong, Macau, Malásia, Filipinas, e recentemente, Coréia do Sul!

Cancun


4- Sobre a bagagem. O que você costuma levar nas suas viagens? Quais itens você acha indispensáveis?
Ja cheguei a levar quase 30kg de bagagem pra passar uma semana na Tailândia, e no fim das contas não usei nem um terço das coisas. Com o tempo fui aprendendo, e atualmente levo uma mochila com cerca de 6Kg pra passar uma semana, somente com o básico mesmo! Pretendo fazer um mochilão no futuro, então ja comecei a desapegar de algumas coisas.
O que realmente é indispensável pra mim é um bom protetor solar e câmera fotográfica!


5- Quais foram os países/cidades que mais te impressionaram e por que ? 
Tailândia, pela beleza natural, é de brilhar os olhos mesmo! Não é a toa que ela é queridinha de muita gente!
Outro lugar que achei fantástico foi Dubai... aquela mistura de modernidade, luxo e tradição! 
Em um momento você se vê no meio de tantos prédios e hotéis e ao pegar a estrada por pouco mais de uma hora ja se encontra no meio do deserto, é fascinante!

Monika na Tailândia

6- Quais povos foram mais simpáticos? E qual foi o menos simpático ? 
Malaios e filipinos são muuuito simpáticos! Na Malásia ja estava me sentindo em casa, andava pela praia e os vendedores reconheciam, puxavam papo, davam dicas...
Os antipáticos foram os chineses, já no aeroporto o atendimento deixou a desejar, eram meio rudes.


7- Você já passou por algum perrengue ou situação engraçada que possa contar para nós? 
Felizmente nunca passei por nada demais, mas nas Filipinas após uma longa escala de quase 9 horas, fomos informados de que não havia assentos suficientes pra todos do nosso grupo, sendo que a reserva do vôo tinha sido feita com 6 meses de antecedência. Estávamos em quase 20 pessoas e não saímos do balcão de check in até conseguirmos uma boa negociação com a companhia aérea. Acabou virando uma farra e as filas só aumentando! rs
No fim das contas, todos nós ganhamos uma passagem de vôo doméstico, 1.000 pesos filipinos e fomos encaixados no vôo seguinte!


8- Sobre a comida! Quais foram os pratos mais gostosos que você provou em uma viagem ? Qual país tem a comida mais deliciosa na sua opinião ? 
Nem sempre eu consigo experimentar muito da comida local por não comer alguns tipos de carne e nem comida apimentada, mas dois pratos que eu gostei muito foram Chicken Rice e Chicken Satay, ambos na Malásia!


9- Teve algum costume diferente que chamou a sua atenção durante alguma viagem?
Na Coréia eles usam umas tesouras enormes pra cortar alguns alimentos na hora da refeição, e na Malásia vi uma vendedora almoçando com as mãos, retirando a comida de um saco plástico ... mas acho que isso ainda é pouco perto do que vou ver um dia! rs
Isso sem contar nas comidas estranhas, como o Balut, que é um ovo de pato cozido, com o feto em formação, consumido normalmente nas Filipinas. Na Coréia do Sul vi o bicho da seda sendo vendido no mercado popular, e eles comem como petisco.

Monika na Coréia do Sul

Coréia do Sul


10- Se fosse para escolher um lugar para voltar, qual seria e por que?
Tailândia tá nos planos! Mas quero ir com bastante tempo, ainda há muito o que conhecer por la!


11- Sobre viajar sozinha. Muitas pessoas Monika dão a desculpa de "não viajo sem ter companhia" e com isso vão adiando os planos para sempre. Conheço pessoas que dizem não conseguir fazer uma viagem sozinha, que dependem do marido para ir em qualquer lugar, ou mesmo que não sabem se divertir sozinhas. Como é para você viajar sozinha? Você tem algum medo, receio? O que você diria para estas pessoas que querem viajar mais tem medo de fazer sozinho?
Desde nova tive que aprender a me virar sozinha e fui me tornando mais independente, então como já estava acostumada, acho que isso facilitou um pouco. É claro que alguns cuidados devem ser tomados, mas acho que a minha vontade é sempre maior do que o medo. Essa viagem a Coréia do Sul não foi a primeira que eu fiz sozinha. Hoje eu tenho uma turma boa pra viajar e ainda que eu não dispense uma boa companhia, viajei sozinha por opção. Era um momento meu, pra arejar a cabeça, descobrir coisas novas, conhecer pessoas, ter a liberdade de fazer tudo ao meu gosto e no meu tempo! Viajar sozinho é uma experiência incrível!
Sei que muita gente tem vontade de viajar mas não corre atrás por falta de uma companhia, mas nem todo mundo tem os mesmos objetivos, mesmos desejos, mesmas disponibilidades de tempo e dinheiro... então não seria justo consigo mesmo deixar de realizar os próprios desejos por depender de alguém, certo? Vá atrás do que te faz feliz! Medo nenhum deveria nos impedir de fazer o que a gente tem vontade!
Uma boa dica pra quem quer viajar sozinho é começar por destinos que tem uma boa reputação em relação a segurança!
Hoje em dia podemos encontrar informação sobre praticamente tudo na internet, então faça boas pesquisas, procure e anote todas as informações que possam ser úteis. Quanto mais informações você tiver, mais seguro irá se sentir. Se precisar, peça ajuda. Há muita gente boa por aí disposta a ajudar!
E o mais importante: quebre a barreira do medo! A vida é uma só, e é agora! ;)

Filipinas!


12- Você já sofreu alguma crítica aqui no Japão de amigos/conhecidos por "gastar" dinheiro com viagem? Do tipo "isso não vale a pena", "muito dinheiro em bobeira", "você tá louca?", rs ou coisa do gênero?
Eu sei que muita gente pensa assim, mas felizmente as pessoas não costumam falar isso na minha frente! rs
Já ouvi falarem que "viajar é ilusão, viver algo fora da nossa realidade". 
Eu ainda prefiro ser louca gastando com viagens do que ver minha vida sendo desperdiçada!


13- Seu próximo destino!
Bali e Singapura no Golden Week :)


Monika muito obrigada por sua atenção, gentileza e carinho!
E pessoal, a Monika tem um blog de viagem também! É o http://viajantesonhadora.com

Um beijo,

Amanda

segunda-feira, 16 de março de 2015

Testei - Pomada para minimizar a rinite alérgica estacional (kafunsho)


Muito comum no Japão, o "kafunsho" ou a febre do feno/polinose é uma doença alérgica de caráter estacional e está ligada à sensibilização por pólens alergênicos. Estima-se que 25% da população japonesa sofre deste mal pelo menos 1 vez por ano. 
Esta rinite alérgica estacional geralmente causa imenso desconforto. Os olhos lacrimejam, espirros não param mais, congestão nasal, dores de cabeça, tosse, dificuldade para dormir dentre outros vários sintomas surgem com a alergia. 
Para tratar muitos apelam para os anti-histamínicos vendidos em farmácia. Contudo, pessoas com pressão arterial elevada devem tomar cuidado ao se auto-medicar  e de preferência buscar a prevenção dos sintomas antes de mais nada. Mas isso vale para todos claro, o ideal é prevenir o máximo possível a absorção do pólen. 
Produzida pela Tamagawa Eizai, uma empresa especializada em fabricação, distribuição e exportação de produtos farmacêuticos e médicos, esta pomada em forma de gel tem como por objetivo criar uma barreira no orifício nasal a fim de impedir a entrada do pólen e da poeira.




Alguns detalhes sobre o produto:
  • É tão eficiente quanto máscaras convencionais segundo a empresa, podendo ser considerado uma máscara protetora invisível já que o produto fica alojado dentro do nariz.
  • Possui uma embalagem com design fácil de ser aplicado e retocado ao longo do dia. 
  • Não possui nenhum tipo de química agressiva podendo ser usado por peles sensíveis, crianças e gestantes
  • Não possui agentes químicos que provocam sonolência, algo muito comum em produtos para conter a alergia
  • Basta dispensar um pouco do produto e espalhar pelo orifício nasal
Composição

Hidrocarbonero saturado, fragrância (basicamente, parafina)

Quanto tempo dura um frasco?

Em média, 230 aplicações. Considerando 5 vezes por dia, uma bisnaga deverá durar cerca de 45 dias. (a recomendação da empresa é retocar 5 vezes ao dia)

Minha opinião 

O que mais gostei neste produto foi a embalagem. Já usei muitas dessas pomadas para tentar impedir a entrada do pólen pelo nariz mas geralmente a ponta era em forma de "bico" sendo necessário colocar o produto em um cotonete e espalhar pelo nariz. Essa embalagem não. Ela é simples e funcional. Fácil de retocar ao longo do dia e não faz sujeira. Outro ponto interessante é a leve fragrância de lavanda, muito gostosa e calmante. 
Este tipo de produto para prevenir só funciona se retocado ao longo do dia. Não adianta aplicar só pela manhã e achar que vai proteger o dia todo pois não vai, rs. Se retocado certinho, alivia e muito os sintomas na minha opinião. 
Paguei 1100 ienes na farmácia!
E vocês já usaram pomadas para ajudar a prevenir o kafunsho?

Um beijo,

Amanda

domingo, 8 de março de 2015

O batom líquido da Shu Uemura!



Quando soube que a Shu Uemura iria lançar um batom líquido não consegui me controlar, rs! Eis que pensei comigo: "Amanda, espera alguém comprar, ler resenhas, afinal você já tem batom líquido, toma jeito menina!". Sentei e esperei. Passadas algumas semanas após o lançamento oficial em todo Japão, começa a surgir resenhas, fotos e opiniões aqui e ali.
E sim, sou facilmente influenciada quando vejo opiniões positivas no @cosme, minha maior referência quando o assunto é resenhas pessoais.
Li tudo que estavam falando a respeito e a nota está excelente, até o presente momento 6.1!
Mas do que se trata este batom líquido?

RD02

O Laque Supreme é uma combinação de cor intensa e brilho. Trata-se de uma formulação com base em água, que desliza suavemente nos lábios proporcionando um acabamento muito confortável e duradouro.

WN02
O aplicador possui um formato ergonômico exclusivo que se encaixa perfeitamente na curva dos lábios tornando a aplicação mais precisa e fácil.
No total são 15 cores, sendo que duas são especiais. A AKA RED foi formulada com colaboração do famoso Yamada Heiando e a segunda cor, Shu Red é o vermelhos preferido do Sr. Shu Uemura.
Comprei o RD 02 e o WN 02!
O resultado vocês podem conferir abaixo:

O primeiro, RD02 e logo abaixo WN02
RD02

RD02


WN02

WN02
Eu estou simplesmente apaixonada por este produto! Quero a coleção inteira para mim! É extremamente confortável no lábios, hidratante na medida certa e a durabilidade é muito boa!
Super recomendo mesmo! O valor é 3200 ienes + imposto.

Um beijo,

Amanda

segunda-feira, 2 de março de 2015

Dica para organizar suas maquiagens!


Adoro organizar coisas! Confesso à vocês que sempre estou procurando maneiras novas de deixar tudo mais prático e "clean". E recentemente estes organizadores da Nitori roubaram meu coração, principalmente pelo preço super acessível, mais barato do que os da MUJI e mais bonitos também diga-se de passagem!
Um breve resumo do que gostei:

Este organizador foi meu preferido! Achei ele lindo! Bem simples e eficiente! O preço estava muuuito bom, 1426 ienes e ele é enooooorme! rs!

 Gente queria levar uns três desse, que coisa mais fofas essas gavetas! Cabe batom, sombras, corretivos, ai ai ai ...

 Outro organizador super fofo e de quebra vem um espelho junto! E olha o preço: 1134 ienes! Muito barato para algo tão bonito e funcional!

Outro que achei lindo para organizar cotonete, algodão, pincel pequeno, etc... O valor também super bom, 571 ienes!

 Opção com só 3 gavetas! É ou não é lindo?

Minhas coisas estavam uma bagunça, rs, usava estes organizadores de plástico do 100 yen mesmo, rs, vejam como estava antes e como ficou depois:

ANTES



 DEPOIS




Este aqui é um outro tipo de organizador que tinha por lá também, paguei cerca de 1200 ienes:


Cabe certinho os blushes da MAC:


E como ficou no final:



Estou realmente encantada com estes organizadores da Nitori e não podia deixar de vir aqui contar para vocês! 
A Nitori está espalhada pelo Japão todo, quem quiser conferir o endereço mais próximo da sua casa basta acessar o link http://www.nitori.co.jp/shop/index.php

Um beijo,

Amanda

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Dica de restaurante em Nagoya - Hamburgueria The Corner!


Com o White Day se aproximando vamos dar aos poucos algumas dicas de lugares legais para conhecer ou mesmo que valem uma visita em um dia qualquer! A sugestão de hoje é o The Corner, uma hamburgueria que fica em Nagoya, na província de Aichi-ken!


Conheci através de sites japoneses de dicas e resolvi conferir no final de semana que passou! O que mais me assustou foi que ao chegando lá, o estabelecimento nem tinha aberto as portas ainda e já tinha uma fila considerável do lado de fora!



O lugar é super pequeno e aconchegante! Não deve caber mais do que 20 pessoas, por isso mesmo, é bom fazer reserva antes pois no tempo todo que estivemos por lá a fila só aumentava!





O local é especializado em hambúrguer e nós provamos dois tipos, um que é a especialidade da casa e o outro com queijo e bacon como ingredientes base! A carne é deliciosa!!!!! O pão também super saboroso! Tá me dando até água na boca!

Queijo e Bacon!

A especialidade da casa! Quase 10 cm! 
Informações práticas:

  • Nome: THE CORNER Hamburger & Saloon
  • Endereço para navi: 愛知県名古屋市西区那古野2-18-7
  • Telefone: 050-5570-0932
  • Ponto de referência: perto do Kokusai Center de Nagoya (416m). 7 minutos a pé da estação Kokusai Center. 
  • Horário de funcionamento: de segunda, quarta e sábado das 17:30 às 00:00. Domingo e feriados das 11:30 às 21:00
  • Valores em média: a partir de 880 ienes 
Esta é nossa dica de hoje! Vale muito a visita! Lembrando que é recomendável fazer a reserva antes!

Um beijo,

Amanda